ATINJA SEU PÚBLICO ALVO! | André Buzzo
contato@andrebuzzo.com.br | (11) 9-8551-3500 | facebook | skype:andrebuzzowebdesign

ATINJA SEU PÚBLICO ALVO!

Publicado na categoria Artigos com 4.758 visualizações e 12 comentários

Fala pessoas!

Hoje eu recebi um “tweet” de um SEGUIDOR meu pedindo que eu e outro designer fizéssemos uma avaliação do site que ele tinha elaborado.

Eu confesso que tenho medo de criar inimizades quando recebo esses pedidos, porque é assim: se me pedem uma avaliação, vou avaliar e pontuar o que gostei e o que não gostei.

E sendo assim, meu receio é dizer algo que a pessoa não goste e a mesma achar que eu me acho o melhor designer do mundo! Título esse que, se um dia eu chegar a tanto, provavelmente será em uma octagésima nona reencarnação! Ou como diz minha querida Tia Sueli, “encadernação”!

Mas vamos lá!

Meu querido amigo me enviou o link do site, e na hora que meu Firefox o exibiu eu quase tive um ataque epiléptico! Meu amigo e minha amiga, havia um banner fazendo referência à crianças no site que estava, como costumo dizer, “doendo os olhos”!

O banner é a coisa em mais destaque na imagem abaixo!

Atinja seu público alvo! - André Buzzo Webdesign

Para não soar o chato ou qualquer coisa do gênero, eu acho que temos que nos fazer a pergunta crucial no desenvolvimento do projeto:

– Quem vai alugar o salão? Meu filho (se algum dia eu tiver algum!) ou eu, como pai? (Se um dia eu me tornar um!)

Claro que seria o Pai ou a Mãe do fulaninho!

Então, eu vou magoar os olhos desse indivíduo? Não! Aí que entra aquelas coisas que precisamos pensar, saindo fora um pouco fora da internet, e indo para a televisão ou para a prateleira do supermercado:

– Como outros produtos para crianças são vendidos?
– Quem irá ao supermercado comprar fralda? O recém-nascido?

Não. Quem irá, normalmente, é o pai. A mãe pode até procurar algo na internet, mas quem irá se locomover até o local é o pai, já que a mãe tem que cuidar do rebento!

Sendo assim, vamos nos focar no desenvolvimento de um banner que atraia a mãe, e não o pai! O pai nem vai ter tempo para pensar em alugar um salão para o aniversário do filho. Quem vai atrás disso é a mãe!

Sem querer soar machista, mas se eu tivesse um filho, já diria à minha esposa: “Pra que alugar um salão? Vamos fazer em casa mesmo!”

Apenas outro obstáculo a ser ultrapassado! O não de cara do pai! “Só ele sabe” como é triste trabalhar o dia inteiro e ver o seu dinheiro ser usado em “fraldas”. Se é que me entendem!

Então, vamos atrás de algo que seduza a mãe, no bom sentido!

Uma proposta alegre não precisa necessariamente ser tão agressiva assim! O banner poderia ser num tom suave, que não implique em nada para qual sexo deve ser alugado determinado salão!

Um tom de amarelo é totalmente neutro, e podemos usar imagens de crianças chafurdando na lama que fará mais sentido do que usar um AZUL, VERDE, VERMELHO E AMARELO para tentar chamar a atenção do usuário!

Vamos pensar assim: precisamos chamar a atenção do nosso usuário para uma ação que desejemos que ele realize. Mas precisamos ACERTAR NO ALVO! Eu, particularmente, não vi a hora de encontrar onde se fechava o anúncio que nosso amigo postou no site! Minha sugestão para o negócio segue abaixo:

Atinja seu público alvo! André Buzzo Webdesign

Fiz uma montagem bem rápida, mas eu seguiria nessa direção! Não necessariamente colocaria o logo, mas se fosse colocá-lo, o posicionaria em algum canto, seja inferior ou superior. Não haveria necessidade também, de todos os dados do local do salão, se o mesmo for ofertado no endereço do salão principal!

Em relação ao layout do site, como até disse a meu amigo que daria um toque, a minha única e singela observação, pois como informei a ele, eu achei sim, o site muito bem elaborado, seria a seguinte:

O site hoje:

Atinja seu público alvo! André Buzzo Webdesign

O que eu faria:

Atinja seu público alvo! André Buzzo Webdesign

Removeria o fundo preto do logo, e começaria exatamente do início da imagem acima! Achei que o preto quebrou um pouco do layout, então, eu daria uma continuidade no logo com a barra marrom no topo e corpo todo dele nesse tom de dourado que casou muito bem com o projeto!

E por hoje é só pessoal!

Espero realmente não ter angariado um inimigo, e sim, pessoas que possam repensar um pouco sua maneira de idealizar um projeto.

O foco tem que ser sempre o consumidor final, a pessoa que lhe dará retorno ao seu projeto!

Crianças podem ser bem influenciadoras numa compra, mas a palavra final será sempre da mãe ou do pai!

Um forte abraço a todos e fiquem com Deus!

Até próxima!

Voltar à página anterior!

  • André Buzzo

    Boa abordagem xará, é sempre bom analisar outros sites, assim como os próprios e refletir o que se pode melhorar, assim como pedir para outros webdesigners conhecidos e também usuários para avaliarem a visão geral do projeto e sua usabilidade.
    Abraço

    • Fala Compadre!!!

      Exatamente meu amigo!! Avaliações sempre são bem-vindas!

      Abraços!

  • KelvenColares

    – Bora André, cara vlw pelo post (.: , pensei melhor até nos banners que faço pra pra um site aqui. Publico alvo é com certeza o mais importante em qualquer projeto, seja de publicidade ou só informativo e estético. Continua nessa linha aê André, hihi, faz mais uns posts sobre publico alvo ou identidade visual que vai ficar legal.

    • Fala Kelven!!

      Valeu véio… o Público Alvo é o quesito mais importante a ser levado em consideração em qualquer início de projeto…

      Abraços!

  • CarlosCX

    kkkkkkkkkkkk Tuco eu ri litros , quando você falou do banner. Fala a verdade ta doendo os olhos mesmo… sAUSHauhsuh , veyo é esso né ?
    as veses vejo pessoas no forum que perguntam sobre como destar uma logo , ou como chamar atenção para algum canto do site. Ai ! vem aquele camarada e fala , pow rapaz… você deve usar cores quentes , cores que chamam a atenção . Mas ai o camarada entende que é algo bem primitivo. Ou seja ele usa as cores numa tacada só , mas não da aquela suavidade , ou aquele glamour em sua idéia de foco.
    Bem bacana a matéria… é de muito valor para pessoas que desejam focar na área , até pq lembro na época que começei que foi +/- na época em que vc era viciado em mxmasters… hehehe ‘, e como nós perguntavamos , compartilhavamos, e hoje podemos olhar pra trás e ver que tudo aquilo não foi em vão.
    Novamente… boa matéria e espero que você continue assim meu brother ! pode ter certeza que já sou seu fãn de carteirinha. Pode ter certeza vou estar sempre por aki. Abração!

    • Valeu Carlos!!

      Obrigado pelo comentário, e sinta-se sempre bem-vindo ao site!!

      Abraços!

  • Wallace Santos

    Como posso se tornar um web design, e vender meus produtos facil na internet?

    • Fala Wallace.

      Primeiramente, escrevendo direito. Desculpe-me a sinceridade, mas eu prezo por um bom português.

      Em segundo lugar, estudando e muito, HTML, CSS, PHP ou ASP, dentre outras linguagens de programação.

      Abraços!

  • Juliano

    Obrigado pela dicas!

  • Concordo contigo, quem vai pagar pra vc nao será a criança, mas sim os pais que tem o dinheiro rsrs.
    Desculpe me mas a pessoa que fez este banner deve ser daltonico, COMO ISSO NAO DOEU OS SEUS OLHOS???

    Sempre que acabar um projeto vc tem que diminuir o zoom e falar::
    “Uhmm….ta bonito, nao doi os olhos….gostei =D”, ou resumindo:: “SUAVEEEEEEEEE”.

    Eu nao sou desenvolvedor web ainda, mas ja tenho essas sacadas…meu problema ainda é:
    O QUE COLOCAR NO BENDITO LAYOUT, que cores usar e etc, mas isso é assunto pra outra hora.

    Nao tiro teu site dos favoritos rsrsrs
    abraços.

    • Fala Matheus!

      Cara…às vezes damos mancadas mesmo, mas não é por que “somos ruins” … e sim, às vezes, por falta de conhecimento e direcionamento!

      Eu não tiro a razão dele de utilizar aqueles tons no desenvolvimento! Sempre que falamos sobre crianças, são coisas coloridas e chamativas! Mas isso são para crianças, não para os pais das crianças entendeu?

      Não vi um erro tão grave no desenvolvimento…e sim, o direcionamento do mesmo…

      Forte abraço!

      Até mais!