André Buzzo

CRIAÇÃO DE SITES | DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS | CONSULTORIA EM SEO | ORIENTAÇÃO EM TCC

Como construir meu site?

Publicado na categoria Artigos com 1.660 visualizações e 4 comentários

Esse artigo tem o intuito de informar a você, de forma mais humorada, como se dá o processo de criação de um site, ou construção se preferir, trazendo os termos mais “técnicos” para uma linguagem mais acessível para as pessoas que não estão inseridas nesse mercado e mais engraçada para as que já trabalham no ramo.

Então, você vai contratar uma empresa ou um designer para criar o seu site.

É basicamente o mesmo purgatório que você passa quando precisa contratar “pedreiros”. Sim, aquelas pessoas que só dão dor de cabeça, fazem serviços porcos, – não podemos generalizar hein! – que marcam e não aparecem, nunca respeitam prazos, e que principalmente divergem em valores cobrados. Uns cobram os olhos da cara, e outros valores que te fazem perguntar: “Ou um está me roubando ou o serviço do outro não presta”.

E se nós trouxermos essa realidade para a nossa, vamos dizer que você vai contratar, primeiramente um profissional para planejar seu site. Ele seria o:

ARQUITETO (O DESIGNER OU PROFISSIONAL DE UI)

Como construir meu site? - O profissional de UI ou designer

Sim, o designer seria o equivalente ao arquiteto do mundo físico, assim como o cara da UI – User Interface, ou Interface do Usuário. É ele quem vai projetar a aparência, os comportamentos, onde estará cada item do seu site – ou cômodo de sua casa – e ele deverá lhe dizer se isso ou aquilo poderá ou não ser feito. No tocante ao UI, seria basicamente aquele profissional que não deveria deixar que o interruptor para acender a luz da sala estivesse na cozinha, entendeu? O que a caixa de tomada estivesse 1cm acima do piso. Ele é quem deve tomar esse tipo de cuidado na hora de projetar sua casa. Ou seu site, nesse caso.

Basicamente, ele dará as diretrizes de como desenvolver a sua página. Alinhamento de imagens, ícones, textos, espaçamento entre elementos de design, tudo isso é responsabilidade desse profissional. Ele, por exemplo, montará a “imagem” do seu site para que você aprove antes de passar o projeto para um conjunto de outros profissionais, na qual uma ordem deveria ser respeitada. O primeiro profissional a ser acionado deveria ser o

ELETRICISTA (O PROFISSIONAL DE UX)

Como construir meu site? - O eletricista

Para esclarecer: o tal UX quer dizer “user experience”, ou seja, um cara que promove a melhor experiência possível para o usuário. E com isso eu quero dizer que esse cara é o responsável por apontar onde cada ligação – ou link – deverá levar o seu usuário.

Ele será o responsável pela arquitetura da informação do seu site. Coisas do tipo: se eu clicar num ícone de localização, ele vai abrir um mapa do Google Maps ou está ali apenas para enfeite?

Se eu colocar um ícone do Whatsapp dentro do site, o usuário conseguirá automaticamente, quando o acesso for via celular, entrar em contato com o dono ou responsável pelo site? Esse profissional deveria ser o responsável por dizer que o banheiro não deveria ficar colado com a cozinha, e que o quarto do bebê não deveria estar ao lado da garagem.

É como se ele dissesse – programasse na verdade – como as pessoas irão transitar dentro da casa. Se eu for até o quarto dos fundos, como eu poderia chegar mais fácil até ele?

E assim que nosso eletricista inserir na planta o esquema de fiação completa, ele vai passar então o projeto para que o nosso amigo inicie a construção da planta. E esse cidadão é o

O PEDREIRO (PROGRAMADOR HTML)

Como construir meu site? - O pedreiro

Esse cara, normalmente, não entende nada de design. Ele apenas pega o projeto do arquiteto, vê cada diretriz e cada elemento da planta, e então a “transforma” em construção.

O mesmo normalmente acontece com o programador: ele pega o projeto – que chamamos de wireframe – e o codifica para que fique com a aparência que o designer criou e você aprovou. E aí entra a mão de obra do pedreiro, que pode fazer algo sensacional, sem falha nenhuma, ou pode colocar a saída do cano do chuveiro a três dedos de distância do teto porque ele não respeitou as diretrizes do projeto.

Assim como temos pedreiros que são sofríveis – aqueles que conseguem a proeza de colocar uma janela torta na parede –, nós temos programadores que fazem cada lambança no código que apenas prejudica o bom caminhar do seu site. Sabe aquela coisa do pedreiro entregar a obra, aí você chama o marceneiro para instalar as portas, e percebe que o batente de 80cm não cabe no vão da porta, porque o pedreiro deixou com 77cm?

Se você procurar qualquer um para programar seu site, isso pode acontecer. O site pode não receber ou deixar que coisas simples e banais, que deveriam ser respeitadas, funcionem na página.

Assim que o programador termina de codificar todo o site, poderíamos então agora trazer o

PINTOR (O PROFISSIONAL DO CSS)

Como construir meu site? - O pintor

Na verdade, o cara do CSS, na programação, seria uma pessoa que trabalharia em conjunto com o programador.

No mundo real, é meio improvável que o pedreiro erga um cômodo e o pintor já comece o seu trabalho. Até porque há de se respeitar um tempo para que o reboco fique pronto para receber a massa corrida e, depois de seca, aceite a pintura por cima.

Mas nesse exemplo, podemos dizer que o programador fez toda a marcação necessária em seu site e agora vem o cara “estilizar” ele. Então, o pintor vai de cômodo em cômodo – elementos HTML – e vai inserir códigos que vão dar uma cara para a apresentação do site.

Nessa pintura, estariam inclusos os serviços de: aplicação da paleta de cores nos elementos do site, formatação de texto, comportamento dos links – efeitos – e alinhamento dos blocos de HTML presentes no site, mudança de apresentação de acordo com o dispositivo utilizado para acesso, dentre outros.

E assim que sua casa está pintada você já acha que pode mudar e ser feliz. Mas ainda quer fazer umas coisas mais “automáticas” na sua residência. Então, você vai e contrata um

PROFISSIONAL DE AUTOMAÇÃO (PROGRAMADOR)

Como construir meu site? - O profissional de automatização

Claro, afinal de contas, você quer automatizar seu portão, quer instalar um detector de presença para acender as luzes automaticamente na sua garagem, dentre outras coisas para facilitar a sua vida.

Então, finalmente – não é uma regra – você vai contratar um programador de alguma linguagem dinâmica para configurar um formulário de cadastro, de envio de mensagens, ou até mesmo para deixe seu site totalmente gerenciável por você mesmo.

E aí entra um profissional que vai – ou deveria – esmiuçar a planta da sua casa, ver onde cada ligação de eletricidade está e o que ela afeta quando acionada, vai ver se a parede está forte – blocos de marcação HTML + o CSS – para instalar o motor do portão e garantir que ele não quebre nada … dentre outros aspectos e vai promover uma certa comodidade para você. Que na verdade, afeta também o seu usuário.

Então, eu termino esse artigo te fazendo uma pergunta bem básica: se você precisa de um pintor, porque vai chamar um eletricista para pintar sua casa?

O mesmo acontece na hora de criar – ou construir – o seu site.

Existem, logicamente, profissionais completos que podem lhe oferecer todos os serviços em um contrato só. Como existem outros, que praticamente são como empreiteiros: o cara tem um engenheiro civil – Gerente de Projetos – e tem seus profissionais da construção civil – popularmente conhecidos como serventes de pedreiro – com suas funções claramente especificadas – equipe de desenvolvimento.

E se formos ainda um pouquinho mais além, os servidores de hospedagem seriam o equivalente aos condomínios no mundo real.

E aquelas plataformas que oferecem lojas, sites, sistemas gratuitos, tipo o Wix, seriam como “barracos”.

Baratos, feios pra cacete e de procedência duvidosa. Muito duvidosa.

  • Pô André, post Duca…! Você conseguiu juntar tudinho, hehe! Essa parada é louca, e vi que nem adianta utilizar aquele Wix! Essas plataformas online de blogs… Eu hein!
    Abraço!

    • Opa! Fala Bruno!

      Obrigado pelo interesse e retorno meu amigo!

      Abraços!

  • Eden Paulo

    Muito bom! Mas acho que faltou um profissional o de SEO.

    • Fala Eden!

      Concordo contigo … rs … my bad!

      Abraços!

Saiba mais sobre

André Buzzo

Sou desenvolvedor web especializado na criação de sites gerenciáveis com Wordpress; colunista da Abraweb - Associação Brasileira de Webdesigners - e tutor na instituição MX Cursos.

Template? Eu programo o seu!

Então você comprou um template, e pensou que ia ser fácil colocar seu site no ar né?

Pode ser fácil sim! Deixa comigo que eu faço ele ficar funcional para ti!

pesquise por conteúdos

Meus cursos

eu recomendo!

instagram