DICAS PARA PROJETOS MEIA BOCA | André Buzzo
contato@andrebuzzo.com.br | (11) 9-8551-3500 | facebook | skype:andrebuzzowebdesign

DICAS PARA PROJETOS MEIA BOCA

Publicado na categoria Artigos com 920 visualizações e nenhum comentário …

Projeto meia boca?

Talvez você seja um novato em projetos de design, mas deseja que as coisas tenham uma aparência mais racional (e provavelmente não exatamente aquele template grátis ou o último framework da moda que todos andam utilizando). Talvez ainda, esteja tentando entender a infinidade de fatores por detrás de um grande design, mas nesse momento, você busca algo mais prático.

Siga essas dicas e você estará no iniciando desenvolvendo um design meio decente e irá simplificar as coisas no decorrer de seus estudos, ao invés de se afogar num imenso mar de possibilidades.

AS DICAS

Vamos a elas então:

#1 Não use fontes esquisitas

Há milhares de fontes por aí; e é um fato que a maior parte delas é terrível! Existem outras tantas sensacionais, mas a quantidade de fonte ruim é impressionante!

Definitivamente evite o uso de fontes esquisitas: elas foram feitas para soarem como “escrita a mão”, “script”, e foi feita para parecer um “queijo suíço”. Nem toda fonte esquisita deve ser evitada, mas se você for um designer principiante, não complique as coisas deixando claro que você “tentou” uma coisa diferente.

#2 Faça uma escolha simples de fontes

Pelo fato de haver fontes terríveis por aí, não escolha as erradas de começo. Atenha-se a alguns exemplos, e concentre-se em aprender e diagnosticar fontes boas para leitura em telas pequenas, quais fontes são boas para telas grandes (ou para impressão) e quais “sensações” as fontes transparecem – http://www.quora.com/Typography/How-does-one-assess-the-mood-of-a-typeface -!

Se você deseja um “guia rápido de todas as fontes que irá precisar”, observe a imagem abaixo:

#3 Não digite mais do que 15 palavras por linha – Essa eu nem sabia! rs

As telas enormes que você pode usar em seu desktop, e toda a onda referente ao design mobile não trabalham em conjunto fazendo com que muitas pessoas digitem blocos de texto extremamente amplos.

Nunca deixe seus blocos de texto ter mais do que 12-15 palavras e assegure-se de não ter menos que 8 palavras por linha!

#4 Use apenas uma fonte

Sim, realmente estou dizendo isso! Sim, você consegue fazer um grande projeto, inclusive, pode enriquecer um, utilizando mais de um tipo de fonte; mas se você estiver aprendendo sobre design, não se distraia! Você aprenderá bastante, até muito mais ao perceber que pode criar um grande design utilizando apenas um tipo de fonte e, a partir daí, preocupar-se com tamanho de fonte, alinhamento e espaço em branco (veremos sobre isso na dica #9).

#5 Use uma escala variada de tamanho para as fontes

Com a tipografia digital, nós temos infelizmente o luxo de sermos capazes de configurar qualquer tamanho de fonte que desejarmos. Eu digo “infelizmente” porque para a maioria das pessoas, isso é um atraso e complica mais ainda as coisas.

Faça um favor a si mesmo e use esses tamanhos de fonte em pixels: 5, 7, 9, 12, 16, 21, 28, 37, 50, 67 e 83. Esses tamanhos são baseados na proporção 3:4, e você pode ler mais sobre como chegamos nesses tamanhos lendo sobre Como estabelecer uma escala modular de tipografia – http://design.tutsplus.com/articles/how-to-establish-a-modular-typographic-scale–webdesign-14927.

Se algum desses tamanhos não atender seus anseios, existem outras inúmeras alternativas que você poderia usar: negrito ou itálico, usar maiúsculas ou minúsculas (para títulos e metadados), ou mudar a cor. Apegue-se a esses tamanhos e vá se preocupar com outras coisas.

#6 Nunca use o alinhamento JUSTIFICADO

Justificar um texto alinha o conteúdo entre os limites da esquerda da direita, forçando o texto a atender essa configuração, percorrendo o espaço disponível entre tais pontos. Alinhamento justificado bacana você consegue ao utilizar um software de publicação e quando destinado à impressão, quando você detém o conhecimento necessário para criar uma boa composição.

Na web, o acerto é impossível. Blocos de texto necessitam ter uma estrutura, e ao justificar o texto você cria falhas não tão óbvias, mas que ainda estão lá e que prejudicam o fluxo da leitura.

Não sacrifique seu design só para tentar colocar um bloco de texto que englobe todo o seu espaço entre esquerda e direita.

#7 Utilize o mínimo possível de ornamentos, texturas e efeitos

Desafie a si próprio ao tentar utilizar a menor quantidade de ornamentos (regras de linhas, blocos de texto, gradientes e texturas) possíveis. Simplifique e se preocupe com outros detalhes (como os que serão abordados na dica #9), e TALVEZ você precise inserir um trem aqui e outro ali.

#8 Escolha uma cor

Observe as marcas com as quais você tem mais engajamento hoje em dia. Talvez seja o Google, Yel, Duolingo ou Twitter, por exemplo. Cada uma dessas traz a mente uma cor que domina sua marca e produtos. Escolha uma cor que seja apropriada para seu negócio e faça tudo com variações de sombras e tons dessa cor – ou tons de cinza. Mas, além de tudo e mais importante, simplifique. Mais uma vez, concentre-se na dica #9.

#9 Foco no que é INVISÍVEL ao invés de VISÍVEL

Tudo o que foi abordado acima visa te ajudar a simplificar suas decisões para que possa se concentrar na parte “invisível” do design. Nós somos seres avessos ao cognitivo, e dessa maneira, facilmente distraídos por coisas brilhantes como fontes e cores, enquanto o que realmente importa para um design bom e eficaz é ser clean e coeso: o tamanho dos elementos, a maneira como são alinhados e relacionados entre si, e a quantidade de espaço em branco entre eles – são invisíveis para nós.

As forças invisíveis são tão poderosas, que o cara que escreveu esse artigo fez um curso inteiro sobre elas – disponível aqui http://designforhackers.com/.

Conclusão

Design ou projetos é uma disciplina complexa e sem fim, e todas essas regras podem ser quebradas por um profissional bem treinado. Você mesmo pode tentar quebra-las quando estiver bem familiarizado com essas diretrizes; mas até lá, siga essas regras e você estará não mais no caminho do design meia-boca e sim no design decente!

Original -> https://webdesign.tutsplus.com/articles/9-quick-wins-for-halfway-decent-design–cms-19444

Voltar à página anterior!