Meu site está desatualizado. E daí? | André Buzzo
contato@andrebuzzo.com.br | (11) 9-8551-3500 | facebook | skype:andrebuzzowebdesign

Meu site está desatualizado. E daí?

Publicado na categoria Artigos com 3.500 visualizações e 2 comentários

O que um site desatualizado pode dizer sobre você ou sua empresa

Tenho recebido algumas ligações de clientes interessados em nos contratar para fazer atualizações em suas páginas. É impressionante a quantidade de pessoas que criam um site, o publicam e o largam lá, esperando que negócios despenquem em seus colos e que, ao digitar uma simples “palavra”, o Google ou o Bing encontrem tal endereço e o joguem seus belos e desatualizados conteúdos nos braços do usuário. E claro, e que por consequência natural gere conversão e que se fechem negócios!

Vamos parar de sonhar um pouco e acordar para a realidade?

aSonhadora

Um site desatualizado por si só já é um grande problema. Demonstra aos olhos do usuário que sua empresa ou serviço não está nem aí para quem vai encontra-lo.

Textos antigos, com data de meses ou anos atrás estão lá, criando poeira digital e manchando seu nome e sua reputação.

Vamos falar sério: tem coisa mais irritante do que buscar por um assunto e perceber que apenas coisas antigas são oferecidas? Aí penso eu em duas situações:

1ª – O site que está exibindo conteúdo antigo tem seus méritos. Afinal, não há concorrência nenhuma para esse nicho, já que conteúdos datados de meses ou anos atrás ainda são tidos como referência para os buscadores;

2ª – Você que por ventura oferece o mesmo conteúdo e não consegue vencer páginas das antigas, só pode “estar fazendo” algo de errado. E muito errado.

Então vamos acordar?

tapaNaCara

Se você, assim como eu, não é uma operadora de telefonia, nem de TV a cabo e muito menos uma fornecedora de energia que pode oferecer serviço vagabundo que a gente acaba aceitando por não ter para onde correr, você precisa se mexer.

Existem diversas outras empresas que podem ser favorecidas pelo simples fato de demonstrarem maior cuidado com seu conteúdo. Sim, estou falando de conteúdo, e não de beleza em sites.

Sei que você poderá dizer que “André, mas o seu site não é tão bem assim atualizado. Como você então tem moral para escrever sobre isso”? Em partes, eu concordo contigo. Mas o meu conteúdo é “atemporal” até certo ponto.

Falo sobre programação, sobre códigos, vendas e adoro descer a lenha no Internet Explorer. Quer coisa mais atemporal do que isso? Acho que essa praga vai nos acompanhar eternamente na web!

Mas para uma empresa, algumas coisas são inadmissíveis de serem acessadas. Creio serem algumas delas:

Conteúdo com erros de português

erro

Eu particularmente acho isso horrível. Claro, erros acontecem e todos nós estamos sujeitos a cometê-los. Mas sua empresa ou serviço deve prezar por esse tipo de coisa!

Beira o ridículo você acessar uma página e dar de cara com isso:

erros

Erros de concordância, de pontuação, enfim! Essa é a imagem que você quer passar para de sua empresa? Creio eu que não né?

Sites em Flash

Sim, assim como o Opala, o Flash já teve sua era de ouro. O Opala hoje só bebe (tenho vários amigos assim!), e o Flash hoje restringe o acesso a dispositivos móveis, na era onde a mobilidade é o assunto da vez.

Além de horrível, o site do refrigerante Dolly é um excelente exemplo:

dolly

Inteiramente em Flash, no Windows Phone não roda. No meu Android, também não. Não dá para saber qual o tipo de público a marca que atingir, mas parece ser aqueles que não acessam a internet pelo celular ou tablet.

A migração para um HTML é tão simples e ágil que eu não entendo porque grandes e médias empresas tem uma relutância tão grande em proceder com isso!

Entenderia a resistência para migrar por algo mais “modinha”, como o tal Parallax, que graças a Deus não pegou direito, mas o acesso móvel é mais que realidade.

Sites que só funcionam em um navegador

Internet-Explorer-001

Existe coisa mais irritante do que um site que só funciona no Internet Explorer? Se o site é uma intranet, ou um sistema que será acessado APENAS por um grupo de pessoas exclusivo, eu ATÉ entendo e já ATÉ fiz um assim.

Agora, fazer algo que ficará na web para qualquer pessoa acessar e prezar pelo acesso apenas de um navegador, é muita sacanagem e falta de respeito com o usuário!

Acessei uns tempos atrás o site do banco Bradesco, e no Firefox, você tentava acessar um menu drop down e não conseguia. Adivinha em qual ÚNICO NAVEGADOR ele funcionava? Na porcaria do Internet Explorer.

Temos um aqui que administramos no escritório, que parece um Frankestein: parte dele funciona no Chrome, parte dele no Firefox e outra, lógico, no Internet Explorer. Parece piada, mas não é.

Notícias desatualizadas

Outra coisa muito esquecida por diversas empresas é o seu setor de notícias. O que mais ouvimos aqui na empresa é: Quero um setor de notícias, mas creio que eu não consiga gerar conteúdo para manter.

noticiaAntiga

Então aí temos outro problema. A única notícia que o cliente teve para gerar tal conteúdo foi o aniversário da empresa. E fica a notícia lá, datada de um ano atrás e sem mais nenhuma interação do empresário para com seu público.

Notícias não precisam ser postadas em tempo de real (isso não é regra, que fique claro), mas não necessariamente precisam ser postadas uma ou duas vezes por ano!

Troca de catálogo de produtos não é notícia! Nem trocar a imagem da fachada que estava com o céu nublado por uma de céu azul é atualização!

O QUE FAZER ENTÃO, GÊNIO?

genio

Sabe aquela história do “não sei fazer. Preciso encontrar alguém que saiba!” é o que você precisa fazer! Se você precisa fazer uma reforma no banheiro da sua casa e não sabe nem misturar uma massa para fazer cimento, você não vai buscar um pedreiro de confiança?

Tá, beleza. Concordo que relacionar um pedreiro com web designer foi a pior besteira que eu poderia fazer e fiz! Mas isso não vem ao caso!

Se você não tem conhecimento, contrate alguém que tenha. Pesquise, busque saber opiniões de clientes que já contrataram o serviço do profissional ou da empresa e mãos à obra!

Precisamos oferecer conteúdo de qualidade para seu usuário e mostrar a ele que sua empresa é séria e merece um voto de confiança. Mas acima de tudo, PROVE que você é digno dessa confiança entregando um serviço decente.

Se o seu cliente tem dificuldades em escrever um bom português ou mesmo em redigir o texto que a internet pede, faça isso por ele. Não sabe? Procure parceiros então que dominem essa técnica, cote o serviço e repasse ao seu cliente!

Dias atrás eu atendi um cliente que me pediu uma arte antes de fechar contrato comigo. E ele alegou que fechou com um corrente meu aqui na cidade, que quis cobrar dois meses e nada entregou para ele. Inclusive, chegou a tirar o site do ar!

Então ele me disse: Olha André, já me ferrei tanto com pessoas do seu segmento que eu preciso de uma segurança.

E EU NÃO TIRO A RAZÃO DELE!

Porém todavia entretanto as coisas não são uma maravilha! Afinal,

NÓS PRECISAMOS RECEBER POR ESSE TRABALHO!

1real

E é aí que a coisa complica!

Inúmeros clientes pensam que fazer atualização é a coisa mais idiota do mundo ao se fazer um site. Provavelmente, ele deve pensar: “Pra que? Eu já tenho o site”!

E nessa o site fica lá empoeirado e largado, esperando ser criticado por um alemão que acha que sabe das coisas!

E a busca por informações, o levantamento de imagens, ou até mesmo a formatação do texto enviado pelo cliente precisa ser cobrada. Ninguém vai atualizar seu site por simples “boa vontade”. Há de se obter lucro em cima disso.

E mais absurdo que esse pensamento, é o número de empresas que NÃO ATUALIZAM O SITE QUE ELES MESMOS FIZERAM!

Mas André, porque ter um site atualizado é importante?

question-marks

Por diversas razões. Seguem algumas que julgo como mais importantes:

  • Conteúdo atualizado é sinal que a empresa preza por sua imagem. E se preza por sua imagem, dá-se a entender que preza por um bom atendimento e bom suporte ao cliente;
  • Motores de busca dão muito mais valor aos sites constantemente atualizados. Se for com conteúdo próprio e único, melhor ainda! Se for conteúdo duplicado, faça um favor a si mesmo e dê créditos a quem merece;
  • Sites estruturados de maneira mais atual podem ser acessados por diversos tipos de dispositivos, e você oferece uma experiência agradável ao seu público alvo, mostrando novamente que está interessado em firmar sua responsabilidade com serviço decente;
  • A possibilidade de seu site figurar na busca orgânica do Google é muito superior a um site criado e largado na web;
  • Negócios são gerados a partir do encontro de sua página. É regra? Logicamente não. Mas que ajuda, ô se ajuda;
  • Sites atualizados passam acima de tudo, uma imagem de confiabilidade;

Bom, espero que o artigo ajude a principalmente, os nossos clientes e a você que trabalha na área, que seja o início de uma busca por melhora no seu trabalho.

Que você possa oferecer mais um tipo de serviço que é tão esquecido e menosprezado por todos; clientes e web designers.

Forte abraço e até a próxima!

Voltar à página anterior!

  • Edgar Chaves

    Muito bom seu texto!
    Acredito que o conteúdo esta cada vez mais valorizado aos buscadores.