Web designer precisa mesmo saber sobre UX? | André Buzzo
contato@andrebuzzo.com.br | (11) 9-8551-3500 | facebook | skype:andrebuzzowebdesign

Web designer precisa mesmo saber sobre UX?

Publicado na categoria Artigos com 1.788 visualizações e nenhum comentário …

A resposta simples e direta é “sim”, mas não é tão simples desse jeito; nem todos os web designers precisam ser UX ou UI (user interface) designers, mas todos deveriam saber o mínimo para entender que seus designs são parte significativa na experiência que o usuário terá ao usar seu produto ou serviço.

Porque a UX é importante para o web designer

ux-big

Quando um usuário visita um site ou acessa um aplicativo, a primeira coisa que ele experimenta é o design. O design tem um papel enorme na formação da experiência do usuário, apresentando a marca e suas características.

Enquanto companhias, plataformas e empresas de aplicativos costumam contratar um designer de interface (UI), o web designer normalmente projeta sites. Sites, por sua vez, não diferem de aplicativos no quesito interface: há um menu que guia o usuário através do conteúdo e, espera-se, tal menu seja como um funil; o usuário precisa ser conduzido a entender o que a empresa quer que ele faça e que isso seja da maneira mais fácil possível.

Sem implementar, ao menos, os itens básicos para promover uma boa experiência ao usuário, as companhias tendem a ter sites adoráveis; mas com convergência ZERO, altas taxas de rejeição e visitantes descontentes.

Blogs e novos sites por aí estão falando sobre a “morte do design web”, decretando que o web design e o web designer são parte do passado. A ideia por trás desse argumento é que o web designer não pode mais ser APENAS web designer! Ele precisa ser designer de UX  ou um desenvolvedor web que consiga projetar tal experiência! Empresa, e principalmente startups, querem contratar apenas uma pessoa que possa dar conta de ambas as frentes, sem a necessidade de contratar um expert em UX!

UX 101

UX_101_User_Experience_infographic1-e1429665314191

Hoje em dia, mais e mais publicitários e empresas estão entendendo a importância de investir na criação de uma experiência excelente ao usuário em todo o ciclo de vida do consumidor (vendas, suporte e fidelização). Canais digitais estão sendo criados, suporte e atendimento ao cliente são otimizados, e conteúdos são escritos com o usuário sendo o objetivo final.

Tudo isso tem uma significância absurda no clico de vida do consumidor!

Vendas

vendas

Quando dada a ênfase necessária a experiência do usuário através de canais de vendas, a taxa de conversão automaticamente se eleva. Isso acontece pois foi trabalhado um funil em propagandas, blogs, conteúdo em redes sociais, landing pages; ferramentas de fácil entendimento e agradáveis ao usuário.

Usuários que precisam gastar tempo procurando o próximo passo dentro desse funil, começa a competir com ele. Enquanto o conteúdo é parte fundamental da conversão, o design web é a primeira impressão que o usuário tem e eles precisam saber instantaneamente onde se dá o próximo passo para ir em frente!

Suporte

Web designer precisa mesmo saber sobre UX? - O auxílio ao cliente/consumidor/usuário é imprescindível!

Suporte ao usuário/consumidor é algo comumente negligenciado, ou algo que as empresas entendem que não se deve investir muito recurso. E é algo que o web designer normalmente não leva em consideração, mas deveria.

Uma vez que o usuário/consumidor comprou um produto ou se inscreveu numa lista, é importante oferecer a ele o melhor serviço possível; a conta é simples: melhorar o produto/serviço para minimizar os custos com suporte e aumentar o grau de satisfação do cliente.

Uma das saídas que muitas empresas encontraram foi criar uma interface de suporte ou site para seus clientes buscarem informações sobre os produtos/serviços. O design de tal ferramenta deve ser fácil de entender, precisa levar em consideração a região onde tal cliente reside e deve oferecer informação de maneira simples para que o usuário não necessite entrar em contato com um ser humano através de chat ou telefone.

Fidelização

Web designer precisa mesmo saber sobre UX? - Seria o consumidor americano tão diferente do brasileiro?

A última etapa no ciclo de vida do consumidor é a fidelização do usuário. É sobre conseguir que o usuário/cliente continue pagando pelos serviços/produtos oferecidos. E isso é basicamente conquistado se a experiência do usuário foi positiva ou não, e o web design teve (ou deveria ter) um papel fundamental em cada passo para tal conquista!

Hoje em dia o web designer precisa pensar como um expert em UX e criar projetos para seus clientes. É fácil cair na armadilha de criar algo “bonito”, quando na realidade o objetivo do design é aumentar a qualidade da experiência do usuário. Steve Jobs dizia: “Se o usuário está tendo problemas, o problema é nosso”.

COMO A UX MUDA O PROCESSO DE DESENVOLVIMENTO WEB

Web designer precisa mesmo saber sobre UX? - As melhorias que a UX promove são bem interessantes e sim, você deveria pensar nelas ...

Cada web designer trabalha de um jeito diferente. Alguns preferem discutir as necessidades do cliente, não respeitando a linguagem visual da marca, e enviando uma ou duas propostas de layout para aprovação. A UX muda um pouco esse processo e coloca algumas etapas a mais nesse trabalho.

Aqui estão algumas coisas a serem consideradas: Discutir sobre UX com o cliente é importante. Se o cliente já tem esse tipo de conhecimento e existe um grupo de marketing para trabalhar em conjunto, a tarefa se torna muito mais fácil. No entanto, é uma responsabilidade do web designer discutir a importância do reforço da experiência do usuário, entendendo o que o cliente deseja como projeto e qual é a proposta do site (gerar leads, receber informações, etc) e qual é a mensagem que a marca passa.

A informação mais importante que o designer precisa para criar uma UX orientada é conhecer a audiência. Não pergunte apenas sua idade, sexo ou renda. Você precisa saber onde essas pessoas se divertem, o que elas compram e fazem, e o que as atrai visualmente. Uma vez que o web designer tem essas informações em suas mãos, ele pode criar um modelo ou um rascunho que expresse tais sugestões e apresentar ao cliente, explicando e argumentando porque essa é a melhor estrutura a ser oferecida.

Tal estrutura servirá de base para se alcançar os objetivos previamente propostos tendo em mente a experiência do usuário.

Depois que o rascunho estiver aprovado, aí sim é hora de imergir no design propriamente dito. Escolha cores e elementos que façam referência à linguagem visual e aquilo que irá despertar o interesse visual da sua audiência. Tenha certeza de projetar um site de fácil navegação e o apresente para pessoas que não são familiares à marca e ao produto/serviço oferecido. Leve em consideração o funil e o ciclo de vida do consumidor para criar um design que seja consistente para o usuário.

UX não é como andar de bicicleta. Está sempre mudando, sendo mais e mais intuitivo, e envolve muita tentativa e erro em cada uma das audiências que irás encontrar. Mesmo assim, é importante entender que a experiência do usuário é algo que a/o empresa/cliente deve oferecer, ou ao menos deveria! Cada decisão tomada deve levar em conta a experiência do usuário e isso se começa com o projeto.

Web designer que pode oferecer expertise em UX e pensar em design estratégico são muito mais valiosos para as empresas e a demanda por seus serviços é sempre alta.

Fonte:  http://www.webdesignerdepot.com/2015/09/do-web-designers-really-need-to-know-ux/

Voltar à página anterior!